• @ara

Praga, a cidade romântica, intimista, mística e cheia de música


Praga é uma das cidades mais bonitas do mundo, quer pelos seus monumentos e arquitetura, quer por ser uma cidade culturalmente rica, quer pelo ambiente romântico, íntimo, místico e cheio de música com que nos recebe. Das duas vezes que estive em Praga, atrevi-me a ir no Outono e Inverno, onde o ar misterioso ainda se acentua mais, devido ao frio e neblina que se fazem sentir. Os dias são curtos, mas as praças brilham, as salas, palácios e igrejas enchem-se de música e o vinho quente e o chocolate quente aquecem-nos a alma.

Em Dezembro, as maiores feiras natalícias situam-se na Praça da Cidade Velha, na Praça Venceslau e no Castelo de Praga.

Há 3 coisas que me fascinam em Praga:

1 - a Ponte D. Carlos (Karluv Most), por onde faço questão de passar o máximo de vezes possível e em diferentes horas do dia. Não me incomoda as multidões nem os vendedores ambulantes. A ponte fascina-me e inspira-me calma. Com mais ou menos 500m de comprimento, a Ponte vai desde o coração da cidade velha até ao coração de Malá Strana, tendo em cada uma das margens uma torre de vigia. Enquanto a atravessamos podemos ir apreciando as 30 estátuas barrocas de figuras religiosas.

2 - o Castelo de Praga (Prazsky Hrad), pela sua beleza, grandiosidade e vista. O complexo inclui igrejas, jardins, ruas e residências reais, palácios, Catedral de São Vito e Mosteiro de Strahov. É a sede do presidente da República Checa e tem a vista mais arrebatadora da cidade.

3 - a Música, que enche as salas de concertos, os palácios históricos, as igrejas, as bibliotecas e as praças. A tradição musical de Praga remonta à época dos compositores famosos e tem algumas orquestras sinfónicas, três casas de ópera e excelentes escolas de música. Foi em Praga que Mozart compôs e estreou sua obra prima Don Giovanni. O Teatro Stavovské onde foi realizada a estreia da ópera em 1787 ainda tem a peça no seu programa até hoje. Outra forma de assistir à famosa ópera é, no não menos famoso, Teatro das Marionetas - National Marionette Theatre. Marquem com antecedência porque é imperdível.

O mais desafiante em Praga: a língua!

Bem-Vindo a Praga / Vítejte v Praha / Welcome to Prague!

Roteiro de 3 dias e meio


Meio dia

Chegar a Praga ao final da tarde, em Dezembro, com zero graus e noite cerrada, não nos impediu de seguir caminho para a Staroměstské náměsti - a Praça da Cidade Velha. A mais importante praça de Praga data do século XII e é onde podemos encontrar o Edifício da Câmara Municipal com o relógio astronómico,Igreja barroca de S. Nicolau, a Igreja gótica de Nossa Senhora antes de Tyn, o imponente monumento do Mestre Jan Hus entre muitos outros edifícios e monumentos.

Uma das vantagens de visitar Praga em Dezembro é o facto das praças e grande parte das ruas estarem iluminadas com decorações natalícias, por isso continuámos até à Ponte D. Carlos, atravessámos e fomos até Malostranské námesti onde jantámos numa cervejaria típica Checa - Malostranský Hostinec - Restaurace U Dvou Pánů. Aproveitem para experimentar a sopa de Goulash, o joelho de porco ou os tártaros. Uma boa opção.



1º dia


E como todos os caminhos vão dar à Praça da Cidade Velha, foi exactamente por aí que começámos o dia...a ver e ouvir as famosas 12 badaladas. A cada hora somos presenteados com o cortejo dos 12 apóstolos e mais 4 personagens. O relógio, composto por 2 mostradores, mostra-nos num a posição do sol, lua e estrelas e noutro os signos do Zodíaco e a mudança das estações. Quem quiser ter uma boa vista da Praça, pode subir à torre do relógio. Aproveitámos para dar um passeio pela cidade velha...seguimos pela rua Celetná até Prašná brána - Torre da Pólvora e virámos à esquerda. É fácil deixarmo-nos ir...passámos pela Igreja de S. Tiago e em plena Malá Štupartská, atrevemo-nos a passar sob a arcada que nos conduz ao Páteo Tyn...um encanto. Saímos pela ponta oposta, mesmo nas traseiras da Igreja de Nossa Senhora antes de Tyn e estávamos de volta à praça. Antes do almoço ainda tivemos tempo para espreitar a Igreja de S. Nicolau - o mais famoso templo barroco de Praga e ainda assistimos ao final de um concerto que estava a decorrer. Sugiro passarem sempre por lá e verem o programa dos concertos...existem de janeiro a dezembro.

Seguimos em direção ao rio pois tínhamos almoço marcado no Restaurante Bellevue. Imperdível.

Vejam post: 2 experiências gastronómicas inesquecíveis em Praga

Depois do almoço, já com o dia a escurecer, ainda deu para tirar muitas fotografias junto ao rio. Atravessámos ponte D. Carlos até à Praça Malostranske, onde nos deliciámos e aquecemos a ouvir um concerto de Natal no Liechtenstein Palace Ledeburk .


De regresso à cidade velha, parámos no Prague Beer Museum para comer qualquer coisa e beber uma cerveja, mas não ficámos fans...muita confusão, mau serviço e pouca qualidade. E ainda, antes de regressar ao hotel, achámos que não seria justo irmos-nos deitar sem ter dado a devida atenção à Praça Venceslau - o centro comercial, administrativo e de vida nocturna de Praga, lugar de grandes monumentos sociais e históricos, bem como de comércio e serviços. Há de tudo um pouco. A praça, que parece uma avenida, foi criada junto com a Cidade Nova, o bairro fundado por Carlos IV em 1348. Destacam-se o prédio do Museu Nacional e a estátua equestre do padroeiro nacional S. Venceslau.


2º dia

Direção Castelo e toda a zona envolvente, ou seja, o bairro Hradčany. Apanhámos o elétrico 22, em frente ao hotel e saímos em Pražský hrad, estação do castelo, mas que fica ainda a uns 15/20 minutos a pé. Apreciem a vista e as cores de Praga enquanto vão subindo.

No castelo podem visitar: o antigo Palácio Real, Basílica S. Jorge, Tesouros da Catedral São Vito, à Golden Lane - Rua do Ouro ou dourada, Galeria do Castelo, Catedral de São Vito e torre sul, exposição com a história do Castelo, Palácio de Rosenberg e a Powder Tower. Comprámos o bilhete que dá acesso ao circuito B: St. Vitus Cathedral, Old Royal Palace, St. George's Basilica and Golden Lane with Daliborka Tower.

O Castelo de Praga, património Mundial da UNESCO é um complexo com uma área de quase 70.000 m². Na Golden Lane habitavam os defensores do Castelo, servos e ourives. As pequenas casas foram ocupadas até à segunda Guerra Mundial. Já durante o período da Primeira República, foi decidido que se deveria assegurar o caráter pitoresco da rua. De 1916 a 1917, a casa nº 22 foi habitada pelo escritor Franz Kafka.

A Catedral de São Vito é o maior e mais importante templo de Praga. Além dos serviços religiosos, é onde ocorrem as coroações de reis e rainhas checos.

No Lobkowicz Palace, que fica dentro do complexo do castelo, também costumam haver concertos com frequência. Estejam atentos.

Como já referi, o Castelo é um dos meus locais favoritos em Praga, por isso aproveitem. É lindo!


Não conseguimos ver o render da guarda, nem ir ao mosteiro de Strahov, mas ainda fomos espreitar a Loreta e beber um chocolate e um vinho quente no mercado de Natal. Como tínhamos almoço marcado no Kampa Park, pusemo-nos a descer. O Kampa Park fica extremamente bem localizado junto ao rio Vltava, em plena Malá Strana, ou seja, na Cidade pequena, com vista panorâmica para a ponte D. Carlos e quanto ao resto...deliciem-se!

Vejam post: 2 experiências gastronómicas inesquecíveis em Praga



Como estávamos em Malá Strana, aproveitámos para passear pelo bairro, principalmente pela zona ribeirinha, cheia de ruas estreitas carregadas de história, palácios, jardins, museus, lojas, ateliers e galerias de arte.

Malá Strana, antigo bairro residencial da nobreza Checa é uma das zonas mais antigas da cidade e está localizada aos pés do Castelo de Praga. Os pontos turísticos mais importantes são: a Praça da Cidade Pequena (Malostranské náměstí), a Igreja de São Nicolau (sim existem 3 igrejas com mesmo nome), a Igreja de Nossa Senhora da Vitória, onde se encontra o Menino Jesus de Praga, o parque Vojanovy Sady, o museu de Franz Kafka, o Parque Kampa, o muro de John Lennon e a rua mais estreita de Praga: Nejužší pražská ulička.

Teria que haver uma vez que optaríamos por outra ponte e foi neste dia...depois de atravessar o parque Kampa, atravessámos a Most Legií, que nos levaria até à cidade Nova. Esta ponte fica no seguimento da rua do nosso hotel, mas nós ainda nunca tínhamos vindo para este lado da cidade. Logo no início da rua encontram o Teatro Nacional, mas resolvemos dar mais uma volta e continuámos a descer a Masarykovo nábř, junto ao rio, até à famosa Dancing House ou Casa Dançante do Frank Gehry e Vlado Milunić. O nome foi inspirado nos famosos dançarinos Ginger Rogers e Fred Astaire. Hoje em dia é um hotel de luxo com restaurante e café no último piso e um terraço panorâmico onde poderá dançar ao som do rio com uma vista do horizonte.

Para desenjoar acabámos a jantar num restaurante Tailandês fantástico - Lemon Leaf! Recomendo e fica a poucos metros da casa dançante.

Já a caminho do hotel e quase a chegar, entrámos na Charvátova para admirar a escultura da cabeça do Kafka. A escultura cinética com espelhos de 10 metros de altura, é uma obra do escultor checo David Černý. O busto é composto por 42 camadas rotatórias independentes. O seu movimento cria uma performance interessante.



3º dia


Partimos em direção ao Bairro Judeu. Desta vez fomos pela Na Příkopě até à Casa Municipal e virámos para a Rybná...meio perdidos, mas chegámos.

O Bairro Judeu de Praga está cheio de vários locais importantes, incluindo várias sinagogas como a Sinagoga Espanhola, a qual mereceu a nossa visita.


Íamos acabar a nossa estadia em Praga com um almoço no Café Imperial que faz parte do Art Deco Imperial hotel. Não percam! Mesmo que não queiram comer ou beber nada, espreitem...os olhos também comem!


E antes de seguir para o aeroporto ainda nos fomos despedir da Staroměstské náměsti. Por esta altura já dominam a língua e sabem do que estou a falar.




Hotéis

- Design Metropol Hotel Prague - onde ficámos. Vale pela localização.

https://www.metropolhotel.cz/en/ - Národní 1036/33

Outras opções

- Design Hotel Jewel Prague - http://www.hoteljewelprague.com/

- The Emblem Hotel - https://www.emblemprague.com/homepage

- Ventana Hotel Prague - https://www.ventana-hotel.net/

- Astoria Hotel Prague - https://www.hotelastoria.cz/en/

- Hotel Grand Majestic Plaza - https://www.hotel-grandmajestic.cz/en/


Restaurantes

- Terasa u Zlate Studne - (restaurante com vista) - http://www.terasauzlatestudne.cz/

- Restaurante Lvi Dvur -https://www.restaurantlvidvur.cz/en

- Restaurante Klasterni Pivovar Strahov - (Cervejaria do Mosteiro de Strahov) - http://www.klasterni-pivovar.cz/

- Potrefena Husa Hybernska - http://www.potrefena-husa.eu/

- Restaurante Mustek - http://www.restaurantmustek.cz/

- Portfolio Restaurant - http://www.portfolio-restaurant.cz/

- Restaurante Bellevue - https://www.bellevuerestaurant.cz/en

- Restaurante Mylnec - (da mesma cadeia que o Bellevue, com vista, sábados, tem brunch das 11h30-13h30, fica cerca 45 € e temos que marcar) https://www.mlynec.cz/en

- Zdenek's Oyster Bar - http://oysterbar.cz/

- Lemon Leaf - https://www.lemon.cz/en/

- Kampapark - http://www.kampagroup.com/en/restaurants/kampa-park/

- Malostranský Hostinec - http://www.malostranskyhostinec.cz/

- Café Imperial - http://www.cafeimperial.cz/


Lojas

I-Material - Loja de vidros (handmade Czech glass)

Tyn 1 - Ungelt


Amadea CZ - Loja de artigos em madeira, com decorações de Natal

Dolní Nová Ves 60


Centro Comercial Palladium

Náměstí Republiky 1


Mercados de Natal


Pohádka - Loja dos tradicionais souvenirs, das marionetas e brinquedos feitos à mão.

Celetná 32


Lojas e mais lojas dos famosos cristais da Boémia e porcelanas.


Espetáculos

O que não falta em Praga são espetáculos e não precisa procurar muito. Sempre que possível aproveitem os concertos nas Igrejas e se pretenderem visitar uma grande sala, vejam o que está em cartaz - https://www.prague-ticket-concert.com/.

Desta vez fomos a um Black Light Theatre no Ta fantastika theatre. Este tipo de teatro vem muito recomendado nos roteiros de Praga, mas pessoalmente não fiquei fã.


O que ficou por fazer

- Colina de Petrin, um dos espaços mais verdes de Praga. Pode apanhar o o funicular de Ujezd até ao topo da colina (300 m).

- Parque Letná


E mais uma série de coisas...

64 visualizações

© 2018 by Rita Aguilar. Proudly created with Wix.com